Herpes é inofensivo?

  Автор:

Herpes labialO herpes é uma doença viral recorrente, geralmente benigna, causada pelos vírus Herpes simplex 1 e 2, que afeta principalmente a mucosa da boca ou região genital, mas pode causar graves complicações neurológicas. Não tem cura, mas alguns remédios podem ser utilizados para diminuir os sintomas. DeVita AP é muito mais eficaz e sem efeitos segundarios!

O herpes é altamente contagioso, tanto que é uma das doenças mais disseminadas no mundo. “Para se ter uma ideia, a hepatite, por exemplo, acomete 2% da população mundial e a AIDS, menos de 1%. Enquanto o herpes, como já dissemos, afeta 90%. Segundo uma pesquisa realizada pelo dermatologista, com crianças de até 12 anos, 50% delas já continham o vírus. Isso mostra como o herpes labial é mais facilmente disseminado na infância, quando as crianças costumam levar objetos à boca e dividir copos e talheres. Já o herpes genital tem maior incidência de contágio na adolescência, quando há início da vida sexual.

Depois da primeira exposição ao vírus, ocorre um período de incubação que dura cerca de três a sete dias. Durante esse espaço de tempo, não existem sintomas, e o vírus não pode ser transmitido para outras pessoas. A transmissão ocorre quando uma pessoa com o herpes manifestado encosta na pele de outra -seja o herpes labial ou genital. No caso do labial o contato é ainda mais fácil, ao usar os mesmos copos e talheres ou beijar. O herpes genital é mais comumente passado por meio de relações sexuais.

Uma vez em contato com o vírus, a pessoa passa a ser portadora, e não há cura. O vírus entra pela pele e se aloja em uma estrutura nervosa chamada gânglio paravertebral. Embora em algumas pessoas as bolhas e a infecção ocorram sempre na mesma região, não é possível sanar a doença fazendo nenhum tipo de intervenção ou cirurgia local. Por mais que o herpes se manifeste sempre no mesmo local do lábio, por exemplo, não adianta fazer uma cirurgia local de retirada das bolhas que se formam, porque a causa viral não está alojada ali, mas no sistema nervoso.

Para a maioria das pessoas o vírus só será incômodo uma vez, ficando adormecido. Para 10% das pessoas que contêm o herpes, sua manifestação é eventual, pois ela s não possuem um sistema imune eficiente para esse vírus específico. Isso não significa que as pessoas tenham um sistema imune ruim como um todo, mas que para o herpes, em específico, o organismo não consegue reagir para combatê-lo. Apesar de não ter cura é possível perceber os primeiros sinais da manifestação da doença e anulá-la antes do aparecimento das bolhas. Ninguém faz o tratamento para evitar passar o vírus, mas sim para tratar as lesões. Quando indicarmos a imunossupressão vamos ter que avisar que ainda há um risco de transmissão.

herpes simples

Interessante artigo? Por favor, compartilhe com outras pessoas:
Como ter sucesso nos negócios, cumprir um milhão de amigos e manter a saúde

Deixe seu comentário ou pergunta